Sandy e Junior em Rio de Janeiro / Rio de Janeiro - Brasil em 09/11/2019

Sandy e Junior em Rio de Janeiro / Rio de Janeiro - Brasil 09/11/2019 (Já Realizado)

Compartilhe:
Artista: Sandy e Junior
Data Realização: 09/11/2019 (Realizado a 13 dias
Local: Rio de Janeiro / Rio de Janeiro - Brasil
Descrição: N/I

Mais Shows/Eventos para Hoje!

O Show/Evento aqui disponibilizado pode sofrer alterações sem aviso prévio. Lembrando que o NavStage é apenas uma plataforma de divulgação, e não tem vínculo com a organização.

Biografia de Sandy e Junior

Sandy & Junior é uma dupla vocal brasileira formada pelos irmãos Sandy (n. 1983) e Junior Lima (n. 1984). Sandy era a vocalista principal do duo, enquanto Junior era responsável pelos vocais de apoio, além de tocar instrumentos como guitarra, violão e bateria. Influenciados por músicos na família, a dupla viu sua trajetória profissional na música se concretizar após uma aparição no programa Som Brasil, em 1989, onde cantaram "Maria Chiquinha". Eles atraíram a atenção de empresários e gravadoras e assinaram um contrato de três álbuns com a PolyGram. No ano seguinte, deram início à gravação do primeiro álbum, Aniversário do Tatu (1991), que foi certificado com ouro pela Pro-Música Brasil (PMB). Assim como o álbum de estreia da dupla, Sábado à Noite (1992) foi produzido por Xororó e apresenta uma sonoridade influenciada pelo sertanejo e country. Em seu terceiro álbum de estúdio, Tô Ligado em Você (1993), eles passaram a apresentar influência de outros estilos em sua música, como o pop. Os álbuns Pra Dançar com Você (1994) e Você é D+ (1995) deram continuidade ao sucesso deles com o público infanto-juvenil. Após alcançarem a fama e o sucesso como cantores mirins, Sandy e Junior se consolidaram como estrelas do pop adolescente com Dig-Dig-Joy (1996) e Sonho Azul (1997).

Os álbuns Era Uma Vez... Ao Vivo (1998), As Quatro Estações (1999), Quatro Estações: O Show (2000) e Sandy & Junior (2001) estabeleceram Sandy e Junior como recordistas em vendas de álbuns no Brasil. O sucesso da dupla atraiu a atenção do então gerente de marketing da Universal Music em Londres, que teve a iniciativa de lançá-los no mercado internacional; o resultado foi o álbum Internacional (2002). Sandy e Junior citaram motivos pessoais para o encerramento precoce das turnês de divulgação do álbum. Em outubro de 2002, a dupla reuniu um público de 70 mil pessoas para um show no estádio do Maracanã, apresentação esta que originou o CD e DVD Ao Vivo no Maracanã. Nos álbuns Identidade (2003) e Sandy & Junior (2006) - este indicado ao Grammy Latino -, Sandy e Junior experimentaram uma maior liberdade artística. Em abril de 2007, eles anunciaram a separação após dezessete anos de carreira em dupla. Seu último projeto foi o CD e DVD Acústico MTV, lançado em agosto do mesmo ano. Em dezembro de 2007, encerraram a turnê Acústico MTV. Em 2019, eles se reuniram para uma turnê em comemoração aos 30 anos da primeira apresentação televisionada da dupla, no programa Som Brasil, em 1989.

Desde o início de sua carreira como dupla mirim até o auge comercial na adolescência e os últimos álbuns, diversas canções da dupla ganharam notoriedade, como "Maria Chiquinha", "Com Você", "O Universo Precisa de Vocês (Power Rangers)", "Dig-Dig-Joy", "Era Uma Vez...", "No Fundo do Coração", "As Quatro Estações", "A Lenda", "Quando Você Passa (Turu Turu)", "Love Never Fails", "Desperdiçou" e "Estranho Jeito de Amar". Além da carreira musical, eles também atuaram em projetos na televisão e cinema, incluindo o programa Sandy & Junior Show na Rede Manchete, um seriado homônimo na Rede Globo, a telenovela Estrela-Guia e os filmes O Noviço Rebelde e Acquária.

Sandy e Junior são recordistas em vendas de discos no Brasil. Ao todo, são mais de 20 milhões de cópias vendidas entre CDs e DVDs, além de meio milhão de singles digitais. Em levantamento feito pela Crowley Broadcast Analysis, a dupla ficou na 13ª colocação na lista dos artistas mais executados nas rádios brasileiras entre os anos de 2000 e 2014. O AllMusic os chamou de "um fenômeno multimídia" no auge de seu sucesso, enquanto a revista Época comparou a comoção que a dupla causava à Beatlemania. Com mais de 300 produtos licenciados, a marca dos irmãos chegou a movimentar R$300 milhões.

Shows e Eventos recomendados para Você! Aproveite.